14 DE SETEMBRO - EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ
Santos - O santo do dia

alt Nos primeiros séculos do cristianismo era proibido realizar qualquer culto público, fazer esculturas, cruzes ou representações dos mistérios cristãos. Daí se explica por que a cruz de Jesus permaneceu tanto tempo escondida ou desaparecida. Após a promulgação do decreto sobre a liberdade de culto no ano 313, uma das primeiras preocupações foi localizar a cruz em que Jesus morreu. Quem se empenhou nessa busca, foi a imperatriz Helena, mãe de Constantino Magno. Encontrou-a de maneira milagrosa. Deixando de lado os fatos, aparentemente lendários, fixemo-nos mais nos relatos bíblicos e nas lições da paixão e morte de Jesus na cruz, antes objeto de humilhação e castigo, agora símbolo da ressurreição e da vitória. 

- Que ela continue exposta publicamente na escolas e nos hospitais, nos recintos oficiais e nos lares, dando-nos lições de humildade e de paciência nos sofrimentos, mas também de vitória e glorificação. Quando vires uma cruz solitária no teu caminho, desprezada, sem valor e sem o crucificado, esta é a tua cruz, a cruz de cada dia, escondida, sem brilho, esperando o crucificado que está faltando. Este crucificado serás tu mesmo. (“O caminho”)

Outros santos: –  Crescenciano ou Crescêncio significa: Aquele que cresce. O sentido é evidente. Ao ser batizados, alguns recebiam este nome para se lembrarem que deviam crescer sempre mais no caminho da perfeição cristã, 

Senhor, ensina-nos a ser: Exigentes com a lei, mas indulgentes com o pecador. - Denunciadores da injustiça e defensores do fraco. - Artífices do bem e destruidores do mal. - Insistentes com o Bem, e resistentes ao Mal. - Amigos do pecador, e inimigos do pecado. - Explicadores e não complicadores da doutrina..

 

 

 

Outros artigos