EVANGELHO DE 13 DE AGOSTO
Sáb, 12 de Agosto de 2017 18:21

 altJesus mandou os discípulos  entrar na barca e ir na frente dele para a outra margem. Enquanto isso, ele ia despedindo as multidões. Tendo-as despedido, subiu ao monte para rezar na solidão. Ao anoitecer, estava ali sozinho. Entretanto, a barca, que já estava a vários estádios da terra firme, era agitada por fortes ondas, pois o vento era contrário. Na quarta vigília da noite, Jesus foi ao encontro deles caminhando sobre as águas. Os discípulos, quando o viram caminhando sobre as águas, assustaram-se e diziam: “É um fantasma!” E gritavam de medo. Mas logo Jesus lhes disse: “Tende confiança, sou eu. Não tenhais medo!” Então respondeu-lhe Pedro: “Senhor, se és tu, manda que eu vá sobre as águas até junto de ti!” “Vem!” disse Jesus. Pedro saltou da barca e, caminhando sobre as águas, foi ao encontro de Jesus. Mas, sentindo a força do vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” Jesus imediatamente estendeu a mão, segurou-o e disse-lhe: “Homem fraco na fé, por que duvidaste?” Assim que subiram na barca, o vento se acalmou. Então os que estavam na barca se prostraram diante de Jesus, dizendo: “Efetivamente, tu és o filho de Deus!” Terminada a travessia, desembarcaram em Genesaré. As pessoas do lugar o reconheceram e espalharam a notícia por toda a vizinhança. Trouxeram-lhe todos os doentes e lhe pediam que pelo menos os deixassem tocar na orla de seu manto. E todos que o tocavam ficavam curados.

Recadinho: - Você acha que Deus exige muito de você? - Você consegue se isolar de vez em quando para rezar? - Há muitas tempestades em sua vida? - Você tem muito medo? Dê algum exemplo. - Você se fortalece na oração?

 

 

Outros artigos