17 DE JULHO - OS QUARENTA MÁRTIRES DO BRASIL
Santos - O santo do dia

 altCelebramos hoje o martírio de Inácio de Azevedo e seus 39 companheiros (+ 1570), missionários jesuítas. Eles vinham vindo de Lisboa para o Brasil, quando o navio foi cercado pelas esquadras de protestantes franceses que gritavam: - Matem, matem, porque vão semear doutrina falsa no Brasil. Inácio mostrou-lhes uma imagem de Nossa Senhora nas mãos, dizendo em alta voz:- Todos sejam testemunhas. Morro pela Fé católica e pela Santa Igreja Romana. Já ferido mortalmente, disse aos seus companheiros:- Não chorem, filhos. Não chegaremos ao Brasil, mas fundaremos, hoje, um colégio no céu. O bárbaro massacre aconteceu em pleno Oceano Atlântico. Foram beatificados em 1854.

Outros santos:Século XVI tempo das conquistas e invasões estrangeiras, quando os nativos eram explorados e exterminados. Houve quem os defendesse. Um deles Bartolomeu de las Casas, nascido na Espanha (1474-1566), partiu para a América em 1502. Ordenou-se padre com 33 anos de idade e começou uma campanha corajosa contra a exploração dos indígenas. Além de corajosa, era arriscada. Embora muito criticado, tornou-se o grande profeta latino-americano em favor da causa dos índios. Não receou enfrentar seus próprios patrícios espanhóis chamando-os de “lobos, leões e tigres ferozes”... ”Pagou caro tanta coragem profética. Teve que voltar para a Espanha, mas continuou defendendo os índios, através de escritos.

 

Outros artigos